Caco Mendes "Sou Eu"


Seis anos se passaram desde que comecei a gravar este álbum. Sou Eu é fruto do caos de tempos turbulentos e da explosão criativa. Forjou-se em talento e transpiração. Em perdas e lágrimas. Na felicidade das conquistas. Na inexplicável e sublime paixão que a música nos oferece.

Agradeço a Marcelo, meu grande herói, nunca ausente. Com ele cresci compartilhando risos e canções. Foi o meu primeiro e maior incentivador. A ele, meu Anjo-Irmão, dedico este trabalho.

A Ana Cristina, que acompanha meus passos na música desde que nos conhecemos. Faz parte de cada nota, acorde, letra; cada invencionice de um violão indisciplinado. Uma Eterna Paixão.

Agradeço a pequena Ana Clara por sua alegria musical maravilhosa que se expressa através de sua dança, canto, aplausos e sorrisos. Sua essência inspira canções. Linda e doce Bailarina.

A Margarida, de quem eu herdei em maior grau os sonhos, e em menor, os dotes musicais. E a Felipe, que sempre soube se fazer presente de forma firme nos momentos decisivos. Fortalezas.

Agradeço ao grande músico e produtor Arthur Maia por esta saborosa salada musical. Arthur adotou muitos dos meus arranjos originais e acrescentou outros tantos. E no fim, generoso, pediu para eu também assinar a produção do disco. Uma grande honra tamanha a musicalidade do Mestre.

A Felipe Poli, grande músico e professor, por me apresentar a belos caminhos harmônicos que poliram o toque do meu violão, refinaram músicas e reafirmaram a brasilidade do álbum. Respeitou e valorizou a originalidade. Sua importância foi ímpar.

E agradeço a todos aqueles que contribuíram de modo especial para o nascimento do álbum: Amelinha, Ana Cristina Mendes, Sérgio Chiavazzoli, Carlos Freitas (e Carina Rennó), Vitor Farias, Cyro Neto, Heber Ribeiro, Marcelo Ferreira, Júnior Castanheira, Carlos Ivan Silva, Flavio Saturnino, Rodrigo Pedrosa, Fátima Regina e Humberto Barros, além dos muitos músicos, amigos e fãs que também fazem parte deste projeto.





4 visualizações